Última hora

Última hora

Presidente da TEPCO demite-se

Em leitura:

Presidente da TEPCO demite-se

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da TEPCO, a empresa energética japonesa dona da central nuclear de Fukushima, demitiu-se depois da apresentação de prejuízos gigantescos.

A empresa anunciou perdas de mais de 10 mil milhões de euros, no fiscal terminado em março deste ano, por culpa da catástrofe nuclear que se seguiu ao terramoto de 11 de março.

“ perda global causada pelos custos de reconstrução das partes afetadas pelo terramoto atinge valores muito altos. Assumo a responsabilidade nesta perda de credibilidade da segurança nuclear e por todo o choque que esta catástrofe causou. Por isso, apresento a minha demissão, juntamente com o vice-presidente”, disse o líder demissionário, Masataka Shimizu.

O terramoto de 11 de março causou fissuras nos reatores que originaram a maior catástrofe nuclear desde o desastre de Chernobyl, há 25 anos.

A TEPCO, também conhecida como Tokyo Electric Power, foi fortemente castigada, com uma queda nas ações que chegou aos 80%. As indemnizações a pagar podem atingir os 70 mil milhões de euros.