Última hora

Última hora

Futuros vizinhos de Strauss-khan descontentes

Em leitura:

Futuros vizinhos de Strauss-khan descontentes

Tamanho do texto Aa Aa

Um apartamento no coração de Nova Iorque vai ser nos próximos meses a prisão de Dominique Strauss-Kahn, libertado sob caução.

O diretor demissionário do FMI vai morar temporariamente no sul de Manhattan, perto da região do ‘Ground Zero’”, onde se erguiam as torres-gêmeas do World Trade Center, derrubadas no atentado terrorista de 11 de setembro.

Strauss-khan vai ser controlado por uma empresa de segurança vinte e quatro horas por dia, mas os futuros vizinhos do antigo diretor do FMI caído em desgraça não se mostram muito satisfeitos com a chegada da celebridade ao bairro.

“Não me agrada, é óbvio, não gosto chegar e ter de enfrentar este batalhão de câmaras”, diz uma vizinha.

“Sabe uma coisa, não gosto disto mas não temos alternativa. Temos alternativa? Sabe, estamos em Nova Iorque. Temos de nos adaptar. Se o meu cão tiver de à casa de banho vai à casa de banho. Se tiver de ir comprar donuts de manhã para o café vou comprar donuts, se me cruzar com ele no hall do prédio, o que posso dizer? “

Segundo o ‘The New York Times’, um luxuoso apartamento no Upper East Side de Manhattan, já tinha sido validado pela empresa de segurança, mas o contrato foi anulado. Os responsáveis pelo condomínio explicaram que os residentes fizeram saber que se sentiriam desconfortáveis com a presença de Strauss-Kahn.