Última hora

Última hora

Lars Von Trier "lamenta" declarações sobre Hitler

Em leitura:

Lars Von Trier "lamenta" declarações sobre Hitler

Tamanho do texto Aa Aa

É conhecido por ser um provocador, mas as últimas declarações de Lars Von Trier valeram-lhe o título de “persona non grata” no Festival de Cannes.

Durante a apresentação do novo filme, Melancholia”, o realizador dinamarquês disse “compreender Hitler” e “simpatizar um pouco com ele”. Acrescentou que está com os judeus “mas não em demasia” porque – para ele -“Israel é verdadeiramente irritante”.

O realizador admitiu à euronews que “enveredou por um caminho idiota” nessas declarações.

euronews: “Como é que pôde esquecer e ignorar que fazer piadas sobre Hitler e os judeus pode ser muito perigoso?”

Lars Von Trier: “Faço muitas piadas deste tipo em privado. A única coisa que esqueci – e que foi extremamente estúpido – é que me estava a dirigir ao mundo inteiro. Comecei bem mas, de repente, enveredei por um caminho completamente idiota. Lamento.”

euronews: “Qual é o seu plano para acalmar a situação com o festival?”

Lars Von Trier: “Não posso fazer grande coisa a não ser falar com os diretores Thierry Frémaux e Gilles Jacob. Se eles quiserem que eu faça alguma coisa, eu farei. Veremos… Dizem que o tempo cura as feridas.”

A provocação, uma imagem de marca de Lars Von Trier.