Última hora

Última hora

Cannes: Uma edição para recordar

Em leitura:

Cannes: Uma edição para recordar

Tamanho do texto Aa Aa

Foi tempo de entrega de prémios no encerramento do Festival de Cinema de Cannes 2011.

A Palma de Ouro foi para “A Árvore da Vida” do discreto realizador norte-americano Terrence Malick, que não participou em nenhum evento do festival nem se deixa fotografar há mais de 30 anos.

Jean Dujardin recebeu o prémio de Melhor Interpretação Masculina pelo papel no filme “The Artist” de Michel Hazanavicius, um filme a preto e branco e mudo…

Coube a Kirsten Dunst o prémio de Melhor Interpretação Feminina, no papel de Justine, uma mulher deprimida em “Melancolia” do dinamarquês Lars Von Trier, que foi expulso do festival depois de ter feito comentários pró-nazi.