Última hora

Última hora

Nova erupção na Islândia penaliza ações das companhias aéreas

Em leitura:

Nova erupção na Islândia penaliza ações das companhias aéreas

Tamanho do texto Aa Aa

As ações das companhias aéreas europeias sofreram um abalo, neste primeiro dia da semana, com a erupção de mais um vulcão na Islândia a reavivar a memória do que se passou há um ano, quando outra erupção obrigou a uma paragem de vários dias no tráfego aéreo em quase toda a Europa, isto embora os especialistas digam que este novo fenómeno não vai ter as mesmas consequências.

O título mais afetado no setor foi o da IAG, a holding formada pela British Airways e pela Iberia, que perdeu 5%. Uma descida seguida de perto por outros gigantes, como a easyJet, a Air France-KLM ou a Lufthansa.

Para já, o único aeroporto encerrado é o da capital islandesa, Rejkjavik. A cinza deve chegar esta terça-feira ao norte da Escócia e pode chegar, no final da semana, a França e Espanha, mas não há qualquer previsão de que isso vá causar novas perturbações no tráfego aéreo.