Última hora

Última hora

Recuperação económica e mundo árabe dominam cimeira do G8

Em leitura:

Recuperação económica e mundo árabe dominam cimeira do G8

Tamanho do texto Aa Aa

A recuperação e as ameaças da economia mundial, em particular o impacto do sismo no Japão, e as revoltas no mundo árabe vão dominar a cimeira do G8 agendada para quinta e sexta-feira em Deauville, no norte da França.

Os níveis de endividamento dos países ricos e a crise na zona euro com os planos de resgate da Grécia, Irlanda e Portugal e o possível contágio a outras economias serão outros dos pontos de análise no encontro.

No primeiro dia de trabalhos, os líderes do G8 têm agendado um jantar dedicado aos movimentos de contestação na Tunísia, Egito, Líbia, Síria e Iémen.

A presidência francesa do G8 vai propor um mecanismo de apoio e consolidação da transição democrática nestes países, seja a nível institucional ou económico, através de entidades como o Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento.

Os chefes de Estado e de Governo do G8, responsáveis da ONU e de organismos financeiros internacionais vão receber na sexta-feira os primeiros-ministros do Egito e da Tunísia.