Última hora

Última hora

Testes de resistência às centrais nucleares europeias arrancam a 1 de Junho

Em leitura:

Testes de resistência às centrais nucleares europeias arrancam a 1 de Junho

Tamanho do texto Aa Aa

Os testes de resistência a que vão ser submetidas as 143 centrais nucleares da Europa arrancam a 1 de Junho.

O executivo comunitário e as entidades reguladoras dos 27 Estados-membros chegaram a um entendimento sobre os critérios a aplicar nas avaliações. Os testes vão contemplar cenários de catástrofes naturais, erros de origem humana e acidentes de aviação.

“Queremos averiguar que combinação de acidentes pode acontecer, tal como ocorreu em Fukushima, algo que nos surpreendeu a todos. Assim, se acontecer uma qualquer combinação inesperada, queremos saber como estar preparados. O primeiro passo será refletir sobre esta hipótese e depois definiremos as medidas e ações que se devem por em marcha”, diz Andrej Stritar, do Grupo de Reguladores para a Segurança Nuclear Europeia (ENSREG).

A hipótese de atentados terroristas não está contemplada. Os resultados dos testes deverão ser conhecidos em abril de 2012, mas não são vinculativos, ou seja, os Estados-membros não são obrigados a encerrar as centrais que forem chumbadas.