Última hora

Última hora

A "prisão" domiciliária de Strauss-Kahn

Em leitura:

A "prisão" domiciliária de Strauss-Kahn

Tamanho do texto Aa Aa

Dominique Strauss-Kahn, deixou quarta-feira à noite o apartamento onde vivia desde que deixou a prisão, para se instalar numa luxuosa casa do bairro nova-iorquino de TriBeCa.

Levando atrás de si um aparatoso sistema de vigilância policia e um exército de jornalistas e fotógrafos, a sua chegada ao elegante bairro não foi vista com bom olhos por quem aí reside.

“Vai perturbar o passeio do cão, porque vimos sempre por esta rua. Normalmente não há ninguém a esta hora. Acho que a partir de agora vai haver muita agitação”, disse uma residente.

“Acho terrível ter de andar de um lado para outro, mas acho que também não devia ter vindo para aqui. Esta é uma rua calma, e as pessoas que cá moram também o são. Agora com tudo isto, não é nada agradável”, afirmou uma outra.

Detido no dia 14 em Nova Iorque, o ex-favorito para suceder a Nicolas Sarkozy na presidência da República Francesa, foi libertado na sexta-feira mediante o pagamento de uma caução de um milhão de dólares, após ter passado várias noites na prisão de Rikers Island.