Última hora

Última hora

Detenção de Mladic aproxima Sérvia da UE

Em leitura:

Detenção de Mladic aproxima Sérvia da UE

Tamanho do texto Aa Aa

A integração da Sérvia na União Europeia tem agora um obstáculo a menos: a detenção de Ratko Mladic, exigida pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia mas também por Bruxelas.

Acasos do calendário, a chefe da Diplomacia europeia encontrava-se em Belgrado, neste dia histórico para a Sérvia. “Sei que as pessoas estão agora de olhos postos na Sérvia e no seu futuro na União Europeia. Vamos abordar esse assunto com uma energia renovada, por causa do que se passou hoje. Tendo em conta as mensagens enviadas por Bruxelas e por outras capitais europeias à Sérvia, espero que possamos avançar rapidamente”, afirmou Catherine Ashton.

Belgrado apresentou a sua candidatura ofical à adesão europeia em finais de 2009. Espera obter o estatuto de candidato até ao final do ano.

Mas Stefan Füle, comisssário para o Alargamento, alerta que ainda há outros critérios em jogo: “A Sérvia cumpriu uma importante obrigação internacional. Amanhã, aproveitando este momento, há que intensificar as reformas que são cruciais para que a Comissão emita uma opinião positiva no final do ano.”

Entre os obstáculos ainda existentes, conta-se o não reconhecimento da independência do Kosovo.