Última hora

Última hora

Ratko Mladic não reconhece TPI

Em leitura:

Ratko Mladic não reconhece TPI

Tamanho do texto Aa Aa

A sessão de interrogatório a Ratko Mladic perante o juiz sérvio para os crimes de guerra, em Belgrado, foi interrompida devido ao estado de saúde do acusado, segundo informou o seu advogado de defesa.

O juiz deverá decidir extraditar Mladic para Haia, para ser julgado no Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia, dentro de cerca nove ou dez dias.

A propósito, o advogado de defesa de Mladic afirmou que este não reconhece o referido Tribunal das Nações Unidas, para que ali possa ser julgado pelos crimes de que é acusado.

Recorde-se que a sua detenção terá sido efetuada em Lazarevo, uma localidade a nordeste de Belgrado, e segundo o ministro do Interior sérvio, Mladic não resistiu à detenção nem houve qualquer recurso à força.

A alcunha que lhe foi atribuída, de ser o “Carniceiro da Bósnia” ilustra bem a reputação ganha durante a guerra da Bósnia, entre 1992 e 1995.