Última hora

Última hora

Sarkozy quer 40 mil milhões para a "primavera árabe"

Em leitura:

Sarkozy quer 40 mil milhões para a "primavera árabe"

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês Nicolas Sarkozy sugeriu aos parceiros do G8 reunidos em Deauville, um pacote global de 40 mil milhões de dólares de ajuda aos países da chamada “primavera árabe”.

A França exerce a presidência rotativa do G8 e convidou para a cimeira os chefes de governo da Tunísia, Beji Caid Essebsi, e do Egito, Esam Sharaf.

“Naqueles países o preço da comida e do combustível dispararam em flecha, estão a pagar mais pelos empréstimos e têm menos turismo. Por isso precisam de financiamento imediato para equilibrar as contas. É aí onde o Fundo monetário internacional pode entrar”, referiu Masood Ahmed, diretor do departamento do Médio Oriente do FMI.

Mas Nicolas Sarkozy acrescentou que não seria honesto fazer intervir o FMI.

O presidente da comissão europeia quer que o auxílio vá além do dinheiro.

“Não se trata apenas de economia mas sim de um maior empenho com essas sociedades, acho que estão preparadas. Vamos então fazer tudo para apoiar esta revolução árabe”, disse Durão Barroso.

O financiamento será assegurado por bancos multilaterais, incluindo de países do Golfo, como o a Arábia Saudita, o Qatar e o Kuwait.

Os ministros das Finanças e dos Negócios Estrangeiros vão debater o assunto nos próximos tempos.