Última hora

Última hora

Belgrado assiste hoje a manifestação pró-Mladic

Em leitura:

Belgrado assiste hoje a manifestação pró-Mladic

Tamanho do texto Aa Aa

Na aldeia sérvia de Lazarevo, foi organizada este domingo uma missa por Ratko Mladic. A localidade pretende mesmo apresentar um pedido oficial para mudar de nome para Mladicevo.

O Partido Radical convocou para hoje uma manifestação em Belgrado contra a detenção do ex-chefe dos sérvios da Bósnia, capturado na quinta-feira e acusado de crimes de guerra e genocídio pela Justiça internacional.

A extradição de Mladic para o Tribunal Penal Internacional de Haia pode acontecer já na segunda ou terça-feira, segundo o presidente interino da instância citado pela agência turca Anatolia.

O ex-general voltou a receber hoje a visita da família e do advogado, que garante que o estado psicológico do cliente está “bastante pior”. Milos Saljic diz que “para uma pessoa normal, depois de dois ataques cardíacos é o fim. Ele sobreviveu a três. A questão é agora, quanto tempo de vida terá ainda?”.

O advogado de Mladic vai recorrer da decisão da Justiça sérvia, que considerou o ex-general como “fisicamente apto” para ser julgado em Haia.

Ontem, entre mil e dois mil muçulmanos bósnios juntaram-se na ponte sobre o rio Drina – em Visegrad, na Bósnia-Herzegovina – para recordar os familiares assassinados durante a limpeza étnica conduzida pelas forças sérvias comandadas por Mladic.