Última hora

Última hora

"Espanha vai pedir responsabilidades à Alemanha por causa danos no setor agrícola"

Em leitura:

"Espanha vai pedir responsabilidades à Alemanha por causa danos no setor agrícola"

Tamanho do texto Aa Aa

Já são 15 mortos na Alemanha por causa de uma bactéria que apareceu na agricultura europeia. A Alemanha denunciou, na semana passada, que a origem da infeção estava nos pepinos importados de Espanha.

Estamos em contacto com Debrecen, na Hungria, onde a ministra espanhola de Agricultura, Rosa Aguilar, reuniu com os homólogos europeus para discutir a questão.

Marta Gil, euronews – Senhora Ministra, a Alemanha diz agora que os pepinos espanhois não estão na origem da nfeção Qual é a reação, a resposta do governo espanhol?

Rosa Aguilar – A resposta do governo espanhol é que, em primeiro lugar, não se pode acusar sem provas, e a Alemanha deve prestar atenção a isso.

Em relação aos prejuizos causados à rede de exportação espanhola, a Espanha anunciou hoje no Conselho informal da UE que, por um lado vamos apoiar os nossos produtores para que possam pedir as ajudas previstas no quadro da OCM em caso de crise.

Em segundo lugar pedimos uma ajuda extraordinária para fazer face aos prejuízos provocados por esta situação.

Também nos reservamos o direito de colocar a questão da responsabilidade da Alemanha neste caso e que, consequentemtne, pedir à Alemanha que colabora economicamente na reparação dos prejuízos provocados à produção espanhola.

Colcámos na mesa estas três questões e sublinhamos que não se pode acusar sem provas e que isso provoca um dano injusto, indevido e absolutamente injustificado, sem provas e sem motivo.

euronews – Isto quer dizer que vai haver uma queixa formal do governo espanhol contra a Alemanha?

R.A. – Para já vamos verificar se há ajudas extraordinárias da União Europeia e uma resposta satisfatória às perdas sofridas pela agricultura espanhola devido a esta acusação injustificada.

E reservamo-nos, em termos de governo espanhol e em nome dos agricultores espanhois, o direito de reclamar responsabilidades à Alemanha.

Mas o primeiro passo que vamos dar no Conselho Extraordinário da UE é saber até onde a Europa vai chegar na sua resposta, e a partir de então, agir em concordância com a produção espanhola, para sabermos, todos, o que vai ser preciso: nomeadamente para reparar os danos na justa medida.

euronews – Os ministros da agricultura reunidos na Hungria deram garantias de que os agricultores vão receber as indemnizações que reclamam?

Rosa Aguilar -´É preciso ver que estamos perante um problema europeu por issso a resposta deve ser europeia. A Espanha é o país mais afetado mas há outros países membros afetados pela situação. Como ministros da agricultura da UE temos de responder a esta situação. É preciso fazê-l.o no quadro da UE.