Última hora

Última hora

Karzai alerta a NATO para que não seja "força de ocupação"

Em leitura:

Karzai alerta a NATO para que não seja "força de ocupação"

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO arrisca-se a ser vista como uma “força de ocupação” se continuar a bombardear as casas dos afegãos. O aviso foi feito, esta manhã, pelo presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, apenas dois dias depois de ter lançado um “último aviso” à força internacional, apelando para que cesse as “operações unilaterais”.

Uma reação ao raide aéreo que, no sábado, que matou 14 civis, incluindo 10 crianças, segundo as autoridades locais. A NATO pediu ontem desculpas pelo sucedido, justificando que os helicópteros visaram um local onde se escondiam cinco insurgentes, mas acabaram por atingir duas casas.

Na mensagem desta terça-feira, Hamid Karzai relembrou que os ataques contra as habitações não são permitidos e que o povo afegão já perdeu a paciência.