Última hora

Última hora

Iémen: escalada de violência faz 40 mortos

Em leitura:

Iémen: escalada de violência faz 40 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Os confrontos no Iémen provocaram a morte, esta quarta-feira, a cerca de 40 pessoas. Nas ruas da capital, Sanaa, as manifestações deram lugar a combates entre as forças governamentais e os apoiantes de um chefe tribal que se juntou à oposição.
 
Em causa, a recusa permanente do presidente Ali Abdullah Saleh em abandonar o poder que detém há 33 anos.
 
Os confrontos concentram-se no bairro Al-Hassaba, mas a tensão é visível em todo o lado. Alguns habitantes começaram até a abandonar a cidade. 
 
Há, também, violentos confrontos em Zinjibar, no sul, tomada de assalto, no domingo, por um grupo de homens armados.
 
Em Taiz, no sudoeste, as ruas são o espelho da destruição. A alta comissária da ONU para os direitos humanos, Navi Pillay, denunciou que, desde domingo “mais de 50 manifestantes foram mortos pelo exército”, que destruiu à força o acampamento de protesto na praça principal.