Última hora

Última hora

Mladic já está na prisão do TPI em Haia

Em leitura:

Mladic já está na prisão do TPI em Haia

Tamanho do texto Aa Aa

Ratko Mladic chegou esta terça-feira a Haia, onde vai ser julgado por crimes de guerra e genocídio.

O ex-chefe militar dos sérvios da Bósnia foi transferido para a prisão do Tribunal Penal Internacional num helicóptero da polícia holandesa, pouco depois de chegar ao aeroporto de Roterdão num avião proveniente de Belgrado.

A extradição aconteceu poucas horas depois da Justiça sérvia ter rejeitado o recurso interposto pelo advogado do ex-general de 69 anos, alegando motivos de saúde.

Mladic ocupará uma cela da prisão das Nações Unidas em Scheveningen, nos arredores de Haia, e a primeira comparência perante os juízes do TPI deverá acontecer no prazo máximo de uma semana. A audiência poderá mesmo acontecer já na quinta ou sexta-feira, data que poderá ser confirmada pelo próprio procurador do TPI na conferência de imprensa agendada para o meio-dia desta quarta-feira.

Após 16 anos em fuga, o ex-general irá finalmente enfrentar as acusações de genocídio, crimes de guerra e contra a humanidade cometidos durante a guerra na Bósnia, entre 1992 e 95, nomeadamente o sangrento e longo cerco de Sarajevo e o massacre de Srebrenica.