Última hora

Última hora

Mundo de olhos postos em Ratko Mladic

Em leitura:

Mundo de olhos postos em Ratko Mladic

Tamanho do texto Aa Aa

A chegada de Ratko Mladic à prisão das Nações Unidas em Scheveningen, nos arredores de Haia, despertou a atenção não só dos media, mas também do cidadão comum.

“Acho que Mladic não é culpado, porque quando saiu de Srebrenica, uma brigada de assassinos chegou e fez o massacre. Não foram os soldados de Mladic, nem ele próprio”.

“Creio que é muito bom ele estar aqui na prisão e ser julgado. É bom para a Sérvia, para a Bósnia-Herzegovina e como exemplo para o futuro”.

Ratko Mladic vai agora enfrentar o Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia.

Em Scheveningen o repórter da Euronews descreve o ambiente que lá se vive:

“Há muita emoção aqui nas imediações da prisão de Scheveningen, perto de Haia, onde o general Mladic chegou esta noite. O general sérvio vai ser julgado por crimes cometidos durante as guerras dos Balcãs.

É o princípio do fim. Amanhã vai ser submetido a exames médicos antes do início do processo legal”.