Última hora

Última hora

Pepinos contaminam relações entre Bruxelas e Moscovo

Em leitura:

Pepinos contaminam relações entre Bruxelas e Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia embargou a importação de vegetais frescos da União Europeia por causa da bactéria que está a amedrontar as autoridades europeias e já provocou pelo menos 18 mortos e enfermidades em mais de 1500 pessoas de oito países.

A decisão suscitou a indignação da Bruxelas, que considera desproporcionada a resposta de Moscovo. A comissão europeu exigiu à Rússia de levantar imediatamente proibição.

Portugal decidiu seguir os passos da Espanha no pedido de uma indemnização à comissão europeia.

Madrid está certa do caminho a seguir, como refere o primeiro-ministro espanhol. “Atuámos como deve ser. E vamos continuar nesse caminho para obtermos a compensação pelos prejuízos e o reposicionamento dos produtos espanhóis no mercado internacional. As primeiras interpretações e tentativas de politizar o assunto foram um erro gritante das autoridades alemãs contra o governo espanhol. Parece-me absolutamente injusto”, disse.

Os produtores portugueses já contabilizaram 2 milhões de euros de prejuízos, Espanha estima ter perdido 150 milhões. A crise está também a pôr em risco inúmeros postos de trabalho.