Última hora

Última hora

Vaticano atacado judicialmente por alegadas vítimas de pedofilia

Em leitura:

Vaticano atacado judicialmente por alegadas vítimas de pedofilia

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 80 alegadas vítimas de abusos sexuais cometidos por religiosos na Bélgica apresentaram uma acusação contra a Santa Sé e altos responsáveis da Igreja Católica para reclamar indemnizações.

O processo é inédito na Europa, embora o Papa Bento XVI nãoseja diretamente visado, uma vez que possui imunidade enquanto chefe de Estado do Vaticano.

O advogado da acusação diz que o Vaticano tem uma grande responsabilidade por ter silenciado muitos dos casos e que o papa deu instruções para impor o segredo.

O processo poderá demorar anos, mas o tribunal deverá marcar as primeiras audiências para Setembro.

Depois dos Estados Unidos, da Irlanda ou da Alemanha, a Igreja Católica belga foi atingida no ano passado por um escândalo de pedofilia ligado à Igreja, quando o bispo de Bruges, Roger Vangheluwe, reconheceu ter cometido abusos sexuais, tendo acabado por demitir-se em Abril de 2010.

No processo agora apresentado são ainda acusados os líderes da Igreja Católica belga, o arcebispo André-Joseph Léonard e o cardeal Godfried Dannels, por “não terem impedido os abusos