Última hora

Última hora

A realidade do trabalho infantil no século XXI

Em leitura:

A realidade do trabalho infantil no século XXI

Tamanho do texto Aa Aa

Acabar com o trabalho infantil continua a ser um dos maiores desafios que enfrentam quer os países em desenvolvimento quer os desenvolvidos.

Calcula-se que 200 milhões de crianças, em todo o mundo, trabalham, muitas em condições perigosas.

Remar contra a maré

Nas minas de ouro de Kéniéba, no Mali, as crianças são uma parte integrante da mão-de-obra, elas lavam o metal precioso tal como gerações anteriores o fizeram.

Mas aqui, há um projeto, o “Tackle”, que tem como objectivo ajudar estas crianças a aprenderem a ler, a escrever e a sonhar com um futuro mais luminoso.

“Carritos” e o caminho para uma nova infância

Das minas do Mali para as ruas de Montevideu onde milhares de crianças procuram sobreviver com aquilo que a cidade deita fora.

Os “Carritos”, como são conhecidos, não vão à escola mas, com a ajuda de uma organização não governamental tentam recuperar a infância perdida.

De pequenino é que se torce o pepino

Mas o local de trabalho não tem que ser um ambiente prejudicial às crianças. Ele pode ser uma experiência enriquecedora, que lhes dá valiosas lições para vida.

Na China, a Árvore da Criança dá, aos mais novos, a oportunidade de aprenderem um trabalho. Esta experiência educacional, ímpar, prepara as crianças para a vida.

www.ilo.org/global/meetings-and-events/events/world-day-against-child-labour/2011/lang—en/index.htm

www.uruguayinforme.com/news/03022006/03022006_javier_garcia.htm

www.elpais.com.uy/100114/pnacio-465411/nacional/candidatos-a-imm-no-quieren-mas-carritos

www.extranoticias.cl/uruguay-busca-convertir-a-hurgadores-de-basura-en-guias-turisticos

www.sociedaduruguaya.org/2008/12/caos-vehicular-en-montevideo-por-marcha-de-hurgadores.html