Última hora

Última hora

Saleh pode regressar ao Iemen

Em leitura:

Saleh pode regressar ao Iemen

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Iemen, Ali Abdalah Saleh, pode regressar ao país, depois de recuperar da intervenção cirúrgica a que se sujeitou, na Árabia Saudita.

O anúncio foi feito pelo vice-presidente.

A ideia não agrada aos opositores que, nas últimas semanas, têm pedido nas ruas a resignação de Saleh.

Um porta-voz da oposição chama mesmo a atenção dos governos do golfo, para o perigo que esse regresso pode representar:

“Espero que os Estados do Golfo convençam Saleh a não voltar aqui, porque, se isso acontecer, isto vai ficar em guerra”.

Mas a decisão parece inapelável. O vice-presidente, Abeb Rabbo Mansour Hadi falou aos jornais e disse que, depois de refeito de uma intervenção neurocirúrgica ao pescoço, Saleh estará de volta.

Esta segunda-feira, depois de uma reunião com o homólogo francês, Allan Juppé, a secretária de Estado, Hillary Clinton, voltou a falar de transição:

“Pensamos numa imediata transição, no superior interesse do Povo iemenita”.

A situação é explosiva. As milícias estão cada vez mais armadas para o confronto com o exército.