Última hora

Última hora

Espanha quer reconquistar confiança dos consumidores

Em leitura:

Espanha quer reconquistar confiança dos consumidores

Tamanho do texto Aa Aa

Os pepinos espanhóis já foram ilibados pela Alemanha. Mas no ar ficaram as suspeitas lançadas há duas semanas sobre a possível origem da bactéria E.Coli.

O preço dos frutos e legumes caiu para metade em Espanha. Agora, os produtores hortofrutícolas exigem às autoridades alemãs que digam às pessoas que podem comer frutos e legumes espanhóis.

Lorenzo Ramos, secretário-geral da União dos Pequenos Agricultores, sublinha que “o mais importante é reconquistar a confiança, o consumo e o mercado”. Caso contrário, “o setor vai desaparecer”.

Também na Alemanha, os preços aliciantes já não atraem todas as carteiras. Prudência é a palavra de ordem enquanto não se descobrir a origem do surto infeccioso.

“As pessoas não estão a comprar pepinos nem tomates. Perderam a confiança e, seguramente, têm razões suficientes para isso”, declara um vendedor.

Um consumidor contrapõe: “Vou lavar os pepinos com água quente, esfregá-los bem, descascá-los, voltar a esfregá-los e depois posso comê-los. Não sou assim tão paranoico, com o mínimo de higiene tudo se resolve.”

A ameaça da bactéria não assusta os vendedores que não hesitam em provar que os pepinos são bons para consumo.