Última hora

Última hora

Turquia: Escândalo sexual em plena campanha eleitoral

Em leitura:

Turquia: Escândalo sexual em plena campanha eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia foi abalada por um escândalo sexual, em plena campanha para as eleições gerais, no próximo domingo.

Dez dos quinze líderes do Partido da Ação Nacionalista, MHP, o principal da oposição, demitiram-se.

Liderado por Devlet Bahceli, o MHP arrisca um fraco resultado nas urnas e consequente perda de representação no Parlamento.

Os vídeos mostram os líderes da oposição em cenas íntimas com outras mulheres, que não as esposas. Foram divulgados no sítio “Nova Ideologia”, uma clara crítica à coluna política que lidera o Partido da Ação Nacionalista.

O partido atingido pelo escândalo sexual luta para se afirmar no cenário político da Turquia, recorrendo a um discurso que exalta os valores do Islão, da identidade pura turca e da proteção da “instituição família.”

São vários os que acreditam que se trata de uma conspiração, como confirma Umit Ozdag, candidato do MHP. “Infelizmente, este processo representa uma grande preocupação para o futuro da democracia na Turquia. Acreditamos que pretendem que com isto o MHP não exceda a barreira dos 10 por cento, mas todas essas operações contra o partido vão gerar o efeito oposto. “

Nas últimas eleições de 2007 o MHP obteve 14 por cento dos votos, agora precisa obter no mínimo 10 por cento, para permanecer no Parlamento.

Alguns observadores acreditam que a ideologia ultranacionalista do Partido da Ação Nacionalista se tornou incómoda para as ambições do governo de Tayyip Erdogan.

O antigo diretor dos serviços secretos turcos, Mahir Kaynak, acredita que “hoje em dia a Turquia ocupa uma nova posição no mundo, a de uma futura potência regional, desde que aceite os curdos, o multiculturalismo e respeite os países vizinhos. Mas a situação política de hoje não corresponde com a ideologia do MHP e alguns queriam mudá-la, daí terem feito estas chantagens com esse objetivo “.

Segundo vários observadores este escândalo pretende ter um efeito na estrutura política que vai elaborar a nova constituição. Os vídeos provocaram a demissão dos líderes de dois partidos da oposição. Vamos ver como isso irá afetar a decisão dos eleitores no dia do escrutínio.