Última hora

Última hora

Agravamento de taxas para veículos pesados que circulem pela UE

Em leitura:

Agravamento de taxas para veículos pesados que circulem pela UE

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento Europeu aprovou, com 505 votos a favor e 141 contra, uma revisão da diretiva Eurovignette, que estabelece o princípio do “poluidor-pagador”.

Na prática, os países europeus que impõem taxas aos veículos pesados, com mais de 3,5 toneladas, podem agora incluir custos adicionais por poluição sonora e atmosférica, que se destinarão, em parte, ao melhoramento da rede de infraestruturas.

“Há poluição, ruído e congestionamentos nas estradas e precisamos encarar o problema. De outra forma, não poderemos avançar. Assim, as taxas são um elemento, que em conjunto com outros, pode ajudar a criar um sistema de transporte mais sustentável. Também será bom para o próprio setor. Um dos objetivos é melhorar o mercado entre os diversos meios de transporte, como os marítimos ou ferroviários. Os que poluem mais têm de pagar mais no lugar dos menos poluentes,” diz o eurodeputado Saïd el-Khadraoui.

A revisão da diretiva prevê um aumento das portagens, entre três a quatro cêntimos suplementares por veículo e quilómetro.

Esperam-se 600 milhões de euros adicionais ao ano.

“As consequências serão extremamente negativas porque se vai aumentar o fardo dos impostos no setor do transporte rodoviário. Além disso vão diminuir-se as possibilidades do setor para reinvestir em tecnologias mais limpas, e assim conseguir um setor mais ecológico”, denuncia Marc Billet, da organização International Road and Transport Union.

As taxas poderão variar, de forma a diminuir o tráfego nas horas de ponta. Para entrar definitivamente em vigor, a norma terá de ser aprovada pelos Governos dos Estados-membros antes do verão.