Última hora

Última hora

Sírios fogem para a Turquia

Em leitura:

Sírios fogem para a Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de cinco centenas de sírios chegaram nas últimas horas à Turquia.

O fluxo de refugiados intensificou-se com o receio de um massacre iminente às mãos das forças de segurança em Jisr al-Shughour, no nordeste da Síria.

O regime de Bashar Al-Ashad prometeu responder com firmeza à morte de 120 polícias durante as manifestações desta segunda-feira.

A televisão pública aponta o dedo a grupos armados. A população fala de confrontos entre tropas leais ao regime e desertores.

Ancara promete não poupar esforços para ajudar os refugiados:

“Está fora de questão fecharmos as portas aos refugiados vindos da Síria. Estamos a acompanhar a situação com preocupação já que temos acesso a informações contraditórias” afirma o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan.

Face à espiral de violência e antecipando um banho de sangue, por um os habitantes de Jisr al-Shughour, situada a cerca de 20 quilómetros da Turquia, fugiram.

“Nós fugimos e toda a gente partiu com medo que o exército entre na cidade. O que a acontecer será um desastre. Com os militares na cidade a situação vai piorar. Não sabemos o que pode acontecer, mas todos têm medo” afirma um sírio.

O medo deixou a cidade síria, onde até há bem pouco tempo viviam cerca de 50.000 habitantes, completamente deserta.