Última hora

Última hora

Arcebispo de Cantuária critica austeridade do governo

Em leitura:

Arcebispo de Cantuária critica austeridade do governo

Tamanho do texto Aa Aa

As políticas de austeridade na Grã-Bretanha foram alvo de uma forte crítica do arcebispo de Cantuária.

O chefe da Igreja anglicana, Rowan Williams, assinou um artigo publicado na revista New Stateman, no qual acusa o governo de aplicar uma “política de austeridade radical” que não foi sufragada nas urnas. O arcebispo denunciou um clima de “ansiedade sobre o significado da democracia neste contexto”.

O primeiro-ministro britânico conservador considera que o chefe da Igreja Anglicana “é inteiramente livre de expressar a sua opinião política e que nunca quis dizer que a Igreja não pode intervir politicamente.” Mas, sublinhou, David Cameron, discorda profundamente com muitos dos pontos de vista, em particular sobre questões como a dívida pública, o Estado Social e a Educação.

O governo britânico é formado por uma coligação entre conservadores e liberais-democratas, saído das eleições de Maio de 2010.

As críticas às políticas do executivo por parte do Arcebispo de Cantuária são raras. A última vez data dos anos 80 quando o predecessor de Williams afrontou Margereth Thatcher.