Última hora

Última hora

Brasil liberta Cesare Battisti sob as críticas de Roma

Em leitura:

Brasil liberta Cesare Battisti sob as críticas de Roma

Tamanho do texto Aa Aa

Cesare Battisti escapa definitivamente às malhas da justiça italiana, depois de ter sido libertado da prisão, por volta da meia-noite, hora local, em Brasília.

O supremo tribunal brasileiro rejeitou o pedido de extradição do escritor, condenado por terrorismo em Itália, tendo ordenado a sua libertação imediata.

Seis dos nove juízes do supremo validaram a decisão do antigo presidente Lula da Silva de rejeitar o pedido de Roma.

O governo italiano considerou a decisão como, “uma humilhação para as vítimas do terrorismo”.

O antigo membro de um grupo armado de extrema-esquerda, tinha sido condenado à prisão perpétua em Itália por quatro assassínios durante os chamados “anos de chumbo”, na década de 70.

Battisti que, sempre declarou estar inocente, encontrava-se detido no Brasil, desde 2007, depois de ter fugido de França que tinha, até então, concedido o asilo político ao foragido da justiça.