Última hora

Última hora

Repúdio pela execução de jovem paquistanês

Em leitura:

Repúdio pela execução de jovem paquistanês

Tamanho do texto Aa Aa

Vastíssimos setores da sociedade paquistanesa continuam a manifestar repúdio pela execução sumária de um jovem, por efectivos do exército, na quarta-feira, no centro de Karachi.

O drama foi filmado e as imagens correram o mundo, dando-lhe uma dimensão planetária.

O pessoal jurídico do Supremo Tribunal de Justiça escreveu ao presidente desta instância, classificando a cena de “execução extra-judicial” e de “violação evidente dos direitos mais fundamentais”.

O presidente do Supremo Tribunal convocou o Procurador-Geral para uma reunião, a decorrer esta sexta-feira.

Na reunião, participou também o Comandante dos Rangers, a tropa de elite a que pertenciam os soldados.

Soldados que foram, classificados na Assembleia Nacional, como “terroristas fardados”. Estão presos, desde quinta-feira.

O funeral de Sarfaraz Shah, de 22 anos, acusado de roubo num bairro chique, transformou-se numa impressionante manifestação de protesto.