Última hora

Última hora

Combates aproximam-se de Tripoli enquanto Gates critica aliados da NATO

Em leitura:

Combates aproximam-se de Tripoli enquanto Gates critica aliados da NATO

Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes líbios e as forças de Muammar Khadafi protagonizaram esta sexta-feira violentos confrontos em Zlitan, aproximando a frente de combate da capital.

A cidade está entre Tripoli e Misrata, posto avançado da rebelião no oeste do país onde, segundo fontes médicas, os bombardeamentos do exército líbio fizeram ontem mais de 30 mortos e cem feridos.

Segundo testemunhos, o regime atacou pela primeira vez a cidade de Gadamés, junto à fronteira com a Tunísia e a Argélia.

Face ao relativo impasse no conflito, os Estados Unidos apontam o dedo à falta de investimentos militares e vontade política de vários aliados.

O secretário da Defesa norte-americana, Robert Gates, diz que as “lacunas” da NATO podem “comprometer” a eficácia da missão na Líbia.

A Turquia disse ter oferecido “garantias” a Khadafi para que ele abandone o país, mas não recebeu resposta do regime líbio.

A Casa Branca garante que existem discussões sobre uma “possível transição” de poder, mas nada de concreto.