Última hora

Em leitura:

Italianos decidem hoje sobre imunidade de Berlusconi


Itália

Italianos decidem hoje sobre imunidade de Berlusconi

Três consultas populares, mas apenas uma interpretação política. Cabe aos cerca de 50 milhões de eleitores italianos decidirem se Silvio Berlusconi fica sem imunidade penal, se a Itália abandona em definitivo a energia nuclear e também se parte da distribuição de água é privatizada.

Os referendos começaram ontem e duram até às duas da tarde locais de hoje. Para as consultas terem validade é preciso uma participação de mais de 50 . No primeiro dia a afluência às urnas registou quase um recorde: 41. Há 16 anos que os eleitores não participavam tanto.

Em particular, os olhos estão postos no eventual levantamento da imunidade do primeiro-ministro, envolvido em vários processos judiciais, incluindo o alegado envolvimento sexual com uma menor de origem marroquina.

É o que se pode chamar um referendo sobre um Berlusconi radioativo, não só pelo facto do primeiro-ministro estar à beira de ficar despido da imunidade mas também por ser um defensor da energia nuclear, um assunto que mobilizou muita gente.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Erdogan vai precisar da oposição para reformar Carta Magna