Última hora

Última hora

Turquia tem oposição reforçada

Em leitura:

Turquia tem oposição reforçada

Tamanho do texto Aa Aa

Uma oposição mais forte na Turquia depois do escrutínio de domingo permite ao Partido Republicano do Povo (CHP), posicionar-se como um parceiro obrigatório de diálogo face ao poder.

A imprensa turca considera positivo este resultado depois da mudança na liderança do “dinossauro” Deniz Baykal para o “reformador” Kemal Kilicdarouglu. “Vamos acompanhar de perto o debate sobre a reforma da constituição. Liberdade e igualdade entre homens e mulheres, liberdade de imprensa. Vamos continuar o combate para que a Turquia esteja ao mesmo nível dos outros países civilizados e modernos”.

Os resultados mostram sobretudo a força dos candidatos curdos, que concorreram como independentes para não estarem sujeitos à regra do mínimo de 10 por cento.

Nas regiões de maioria curda registaram-se, no entanto, alguns incidentes. Nas cidades de Batman e de Izmir, 34 pessoas foram detidas por ameaças e intimidações, sobre os votantes.

Durante o festejo da vitória dos lideres curdos, no sudeste da Turquia houve a explosão de um engenho que feriu 11 pessoas.

A deflagração ocorreu ontem à noite, na província de Sirnak, perto da fronteira com o Iraque.

O ato não foi reivindicado mas a região vive há 27 anos um conflito separatista que já causou a morte a 40 mil pessoas desde 1984