Última hora

Última hora

Inflação na China atinge 5,5%

Em leitura:

Inflação na China atinge 5,5%

Tamanho do texto Aa Aa

A inflação na China atingiu em maio, o nível mais elevado em quase três anos: 5,5%, em relação ao mesmo período de 2010.

Horas depois da divulgação dos dados, o Banco Central chinês elevou as reservas obrigatórias dos bancos.

O Governo tem tentado conter os preços no consumidor. A meta traçada para o conjunto deste ano é 4%, um valor que tem sido ultrapassado nos últimos cinco meses. Em janeiro e fevereiro manteve-se perto dos 5 por cento. Nos meses seguintes ultrapassou esta barreira.

“Tivemos uma expansão monetária muito rápida nos últimos dois anos. Também importámos inflação, nomeadamente nos preços dos alimentos. Tudo veio ao mesmo tempo e é essa a razão por trás do aumento da inflação na China. Portanto, é uma tendência, não é um efeito de curto prazo”, explica o economista Shen Jianguang.

Depois de conhecida a taxa de inflação, o Banco Central chinês elevou as reservas obrigatórias dos bancos em meio ponto percentual, para o recorde de 21,5 por cento.