Última hora

Em leitura:

O FMI rejeitou a candidatura de Fischer


EUA

O FMI rejeitou a candidatura de Fischer

O Fundo Monetário Internacional rejeitou a candidatura do governador do Banco de Israel, Stanley Fischer, à presidência da instituição.

Na corrida mantém-se apenas a francesa Christine Lagarde e o mexicano Agustin Carstens.

O FMI “vai estudar estas duas candidaturas que foram retidas tendo “em linha de conta a decisão adoptada pelo conselho de administração a 20 de Maio, que define o processo de selecção do director geral, e com o regulamento” do organismo, que fixa em 65 anos a idade limite para ocupar aquele cargo.

Stanley Fisher, que tinha anunciado a sua candidatura no sábado, tem 67 anos. O México anunciou a candidatura do governador do seu banco central a 22 de maio, cinco dias após a demissão do francês Dominique Strauss-Kahn.

A ministra francesa da Economia, cujo nome foi apontado mesmo antes de Strauss-Kahn se ter demitido confirmou a sua candidatura a 25 de Maio.

Indonésia, Egito, Bahrein e Emirados Árabes Unidos vão apoiar a candidatura de Christine Lagarde a diretora-geral do FMI.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Milhares de sírios refugiados na Turquia e no Líbano