Última hora

Última hora

Silvio Berlusconi reconhece derrota em "todas as questões" dos referendos

Em leitura:

Silvio Berlusconi reconhece derrota em "todas as questões" dos referendos

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano, Sílvio Berlusconi,

reconheceu a derrota em todas as questões referendadas no domingo e segunda-feira.

Os italianos rejeitaram o regresso à energia nuclear, a liberalização da água e a imunidade judicial de governantes.

Segundo os resultados dos referendos avançados pelo Ministério do Interior de Itália, uma maioria de votantes, entre 95 e 96 por cento, votaram sim para revogar as leis do governo sobre estas matérias.

Em Roma, centenas de pessoas festejaram segunda-feira, ao final da tarde, a mobilização inédita registada nestes referendos promovidos pela oposição.

“Acabámos com a energia nuclear no país, reafirmámos que a água é um bem comum. É de todos, mesmo dele”, disse um dos participantes.

“É uma bela vitória. Um referendo desejado pelas bases. Uma bela vitória. Uma bela satisfação. Esperamos que não seja a última”, sublinhou um outro.

Uma vitória para os referendos?

“Sim, quanto mais não seja para mandar Berlusconi embora. Ele deve ir ao tribunal, é um malandro”, respondeu uma cidadã.

Não obstante, Berlusconi parece não estar muito preocupado com a ida a tribunal, para responder a acusações de fraude fiscal de 470 milhões de euros na sua em presa Mediaset, e de corrupção de menores no caso Rubygate.