Última hora

Última hora

Chefe de governo grego propõe demitir-se

Em leitura:

Chefe de governo grego propõe demitir-se

Tamanho do texto Aa Aa

Em dia de protesto, o primeiro-ministro da Grécia sugere a formação de um governo de união nacional e propõe demitir-se para facilitar o processo.

Em contrapartida, pede à oposição que aprove o novo plano de resgate financeiro elaborado pela União europeia e pelo Fundo Monetário Internacional.

Contra o pacote adicional de medidas de austeridade manifestaram-se, esta quarta-feira, milhares de pessoas.

Os números divergem. Os organizadores falam em 40.000 manifestantes, a polícia de metade.

Os manifestantes tentaram derrubar uma estrutura de metal com cerca de dois metros construída em frente ao Parlamento, em Atenas.

A proteger os deputados estava um forte dispositivo policial.

Mais de 1500 agentes responderam com gás lacrimogéneo à fúria de alguns manifestantes. Os confrontos foram inevitáveis. Pelo menos doze pessoas ficaram feridas.

O protesto ocorre um dia depois dos ministros da Economia e Finanças da zona euro não terem chegada a acordo sobre um novo resgate à Grécia.