Última hora

Última hora

Atentado suicida em Abuja

Em leitura:

Atentado suicida em Abuja

Tamanho do texto Aa Aa

Um atentado suicida contra o quartel geral da polícia nigeriana em, Abuja, a capital federal matou pelos menos dois agentes e deixou feridos mais de uma dezena.

Os atentados com explosivos no estado de Borno tornaram-se quase quotidianos nos últimos anos, e a polícia responsabiliza por estas ações terroristas o grupo radical islâmico Boko Haram, conhecidos também como os talibãs nigerianos.

A Nigéria, o país mais populoso da África, com 150 milhões de habitantes, encontra-se praticamente dividido entre o norte muçulmano e o sul cristão, e sofre fortes tensões de caráter político, religioso, social e étnico.

Mais de 10.000 pessoas foram mortas desde 1999, em confrontos entre cristão e muçulmanos desde a implementação da Sharia em dois estados do país.