Última hora

Última hora

Grécia: escalada de contestação nas ruas e no Parlamento

Em leitura:

Grécia: escalada de contestação nas ruas e no Parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

O dia foi de greve geral na Grécia e a maior parte dos serviços funcionou a meio gás. Mas foi o gás lacrimogéneo que se impôs em algumas ruas de Atenas.

À margem do protesto pacífico de milhares de pessoas contra as medidas de austeridade, foram filmados vários choques entre a polícia e os manifestantes. Os confrontos resultaram em, pelo menos, 40 detenções.

Mas não é só nas ruas que a contestação se faz ouvir. Um deputado socialista decidiu abandonar o grupo parlamentar porque defende que “é preciso ser tão cruel como um tigre” para votar a favor das novas medidas de austeridade.

O novo plano que começou ontem a ser debatido no Parlamento deve traduzir-se pelo aumento de impostos, cortes na despesa e por um ambicioso programa de privatizações.