Última hora

Última hora

Gregos exigem soluções concretas para a crise

Em leitura:

Gregos exigem soluções concretas para a crise

Tamanho do texto Aa Aa

Os gregos estão desesperados face ao agravamento da situação económica e política no país com a oposição a exigir a demissão do governo.

O primeiro-ministro decidiu uma remodelação governamental e pedir uma moção de confiança no Parlamento para poder continuar depois do fracasso da proposta para a formação de um governo de união nacional.

Ontem o país ficou paralisado por uma nova greve geral, a terceira deste ano. Face à pressão das ruas e da oposição este executivo pode ter os dias contados.

“Ele fez um esforço, mas será que vai conseguir resolver os problemas “.

“Ele teve medo, não fez o que deveria ter sido feito, infelizmente não teve coragem e agora vai ter de fazer muito mais coisas. Ele deveria ter começado a pensar nos problemas antes”.

“A saída para esta crise não vai ser resolvida com outro primeiro-ministro. Nós queremos ver resolvidos os problemas concretos do país”.

O executivo socialista tenta passar no Parlamento uma série de novos cortes orçamentários, cujo objetivo é receber mais um empréstimo adicional concedido pela UE e pelo FMI.