Última hora

Última hora

Elena Bonner faleceu aos 88 anos

Em leitura:

Elena Bonner faleceu aos 88 anos

Tamanho do texto Aa Aa

A ex-dissidente soviética Elena Bonner, viúva do prémio Nobel da paz Andrei Sakharov, morreu no sábado, aos 88 anos, na sequência de uma longa doença.

Elena Bonner morreu em Boston, Estados Unidos, onde vivia, e será sepultada ao lado do marido no cemitério Vostriakovo em Moscovo.

A antiga dissidente foi acérrima crítica do regime comunista desde os finais dos anos 60 e casou-se com Andrei Sakharov em 1972.

Elena Bonner saiu do partido comunista soviético em 1968 depois da primavera de Praga e da repressão dos tanques soviéticos nas ruas da capital da então Checoslováquia.

Em 1975, recebeu em Oslo o prémio Nobel da paz em nome do marido porque este estava impedido pelas autoridades soviéticas de sair do país para se deslocar à Noruega.

Depois da queda da União Soviética em 1991, Bonner foi membro de várias organizações de defesa dos direitos humanos e criticou regularmente a política de Vladimir Putin.

Sakharov, considerado o pai da bomba atómica soviética e posteriormente dissidente do regime comunista, morreu em Moscovo, em 1989, com 68 anos.