Última hora

Última hora

Dezenas de milhares exigiram uma "Real Democracia"

Em leitura:

Dezenas de milhares exigiram uma "Real Democracia"

Tamanho do texto Aa Aa

Diversas cidades espanholas voltaram a ser o palco de um grito de protesto em conjunto. Dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas para contestar o que dizem ser a incompetência e a corrupção dos políticos e a falta de representatividade do sistema democrático.

A crise económica foi o rastilho para o movimento de protesto nascido a 15 de maio. “Viemos a esta manifestação, a este chamamento do povo que quer a mudança. A sociedade está a pagar a crise e nós queremos mudar isso”, disse um manifestante.

A cidade das luzes também teve o foco dos chamados indignados. Não foram milhares, mas centenas em Paris. Foram quase quinhentos no total, a polícia deteve 127 por alegadamente terem continuado o protesto para lá da hora que foi permitida.

O movimento está em sintonia com o que se passa em Espanha. “Nós somos os indignados. Viram o que se passou no mundo árabe, viram o que está a acontecer em Espanha, o que acontece na Islândia, na Grécia ou ainda na Inglaterra. As coisas não estão bem e nós estamos fartos. E temos a sensação de que nem sempre os sindicatos têm boas soluções”, referiu um manifestante francês.

Berlim e Lisboa também não foram exceção ao protesto por uma real democracia.