Última hora

Última hora

Austrália: milhares de passageiros em terra

Em leitura:

Austrália: milhares de passageiros em terra

Tamanho do texto Aa Aa

O vulcão chileno Pueyehue está a paralisar dois dos principais aeroportos australianos.

A nuvem de cinzas que se abateu sobre Sydney e Melbourne está a afetar milhares de passageiros.

Segundo o instituto de meteorologia da Austrália as perturbações nestas cidades podem arrastar-se durante 48 horas.

A baixa altitude da nuvem vulcânica levou várias companhias aéreas a cancelarem os voos previstos para esta terça-feira.

“Tínhamos previsto apanhar o voo para Munique via Singapura, mas neste momento não sabemos se vamos conseguir fazer a viagem” afirma uma mulher.

“É frustrante, mas penso que a segurança é o mais importante” refere um homem.

Perturbações que se fazem sentir em várias cidades no sul do país. O aeroporto de Adelaide, por exemplo, foi encerrado.

O vulcão chileno entrou em erupção no início de junho. Na última semana, milhares de passageiros ficaram em terra na Austrália e na Nova Zelândia. Um cenário que, ao que tudo, indica se vai repetir.