Última hora

Última hora

NATO admite a morte de 19 civis líbios

Em leitura:

NATO admite a morte de 19 civis líbios

Tamanho do texto Aa Aa

Novos ataques da Aliança Atlântica sobre o regime líbio no dia em que o líder da oposição se encontra na China, para uma visita de dois dias, aumentando assim o envolvimento de Pequim na guerra civil e o distanciamento Kadhafi.

Desta vez os bombardeamentos visaram a cidade de Sorman, a oeste de Trípoli, deixando 19 mortos.

O raide tinha como alvo a residência de um antigo companheiro de armas de Kadhafi, Khuwildi Hemidi, que fazia parte do conselho de comando da revolução de 1969 que levou Kadhafi ao poder.

Após desmentir inicialmente, a NATO rectificou e reconheceu ontem ter realizado um ataque aéreo na região em causa.

Desde o início da guerra civil a 15 de fevereiro, entre 10.000 e 15.000 pessoas foram mortas e vários milhares ficaram feridas.