Última hora

Última hora

Síria: mais de uma dezena de mortos após anúncio de amnistia

Em leitura:

Síria: mais de uma dezena de mortos após anúncio de amnistia

Tamanho do texto Aa Aa

O número de vítimas da repressão na Síria continua a aumentar, depois do anúncio de uma nova amnistia geral.

Segundo os grupos opositores Sham e Newroz, em Homs registaram-se esta terça-feira onze mortos, coincidindo com a entrada de blindados do Exército na cidade.

Em vários pontos do país, registaram-se confrontos entre apoiantes e opositores do regime de Bashar Al-Assad. Ativistas dos direitos humanos contabilizam vários mortos, alvejados por militares que apoiavam o campo pró-regime.

O presidente sírio anunciou um novo indulto para o que classifica de “crimes” cometidos até 20 de Junho.

O regime mobilizou dezenas de milhares de pessoas em Damasco e noutras cidades para manifestações de apoio a Al-Assad, um dia depois do presidente prometer reformas consideradas insuficientes e pouco convincentes pela comunidade internacional e pelos opositores.

Há testemunhos de tiros e explosões ouvidos junto à fronteira com a Turquia, onde estão concentrados milhares de sírios que fogem da violência.

A Turquia acolhe já mais de dez mil e quinhentos refugiados do país vizinho. A Cruz Vermelha Internacional diz ter recebido a promessa de Damasco de um maior acesso às populações afetadas e detidas em território sírio.