Última hora

Última hora

Holanda: justiça absolve deputado de extrema-direita

Em leitura:

Holanda: justiça absolve deputado de extrema-direita

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça holandesa absolveu Geert Wilders. O deputado de extrema-direita era acusado de incitamento ao ódio e de discriminação contra o povo muçulmano no filme fitna.

O polémico documentário divulgado em 2008 defende que o Corão é um livro fascista que incita à violência.

O filme dá a conhecer durante 15 minutos a opinião de Wilders sobre o livro sagrado muçulmano e imagens violentas de vítimas de atentados terroristas.

Durante o processo, o líder do partido da Liberdade de extrema-direita conseguiu substituir os juízes, argumentando, estarem a ser parciais.

O processo ganhou dimensão internacional não só pelas acusações de que Wilders foi alvo, mas também pela influência adquirida pelo partido da Liberdade que apoia o novo executivo holandês.