Última hora

Última hora

Kadhafi ameaça que não irá desistir 

Em leitura:

Kadhafi ameaça que não irá desistir 

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da destruição e das vítimas causadas pelos bombardeamentos da NATO à residencia de um próximo de Kadafi a mensagem do líder do regime não podia ser mais clara. 
 
O líder líbio Muammar declarou num registo audio que não teme pela morte nem está interessado em salvar-se e prometeu prosseguir a batalha contra o Ocidente.
 
As declarações de Muammar Kadhafi foram reproduzidas pela televisão líbia através sob as imagens da destruição de Sorman, os ultimos alvos da NATO que terão causado a morte a 19 pessoa.
 
O companheiro de armas de Kadafi, Khouildi Hmidi ficou apenas feridos neste aatque mas membros da sua família foram mortos.
 
Os enterros dests vítimas decorreram ontem data difusão da mensagem do regime.
 
A itália reclamou ontem  a “suspensão imediata das hostilidades” na Líbia por razões humanitárias.
 
Este apelo pode ser visto como um primeiro sinal de fractura dentro da coligação da Aliança  Atlântica onde os meios começam a ser questionados.
 
 
Mesmo assim a NATO já fez saber que os raides vão continuar sobre Tripoli.
 
A NATO vai continuar as operações na Líbia para evitar a perda de mais vidas civis, afirmou hoje o secretário-geral da organização, Anders Fogh Rasmussen, depois de a Itália ter pedido a suspensão imediata das operações.
 
 
O secretário-geral referiu-se a informações recentes dando conta da morte de civis na sequência de bombardeamentos da NATO para “lamentar profundamente qualquer perda humana”, mas frisou que foi o regime de Muammar Kadhafi “que iniciou o conflito atacando a própria população”.