Última hora

Última hora

Mario Draghi sucede a Trichet na liderança do BCE

Em leitura:

Mario Draghi sucede a Trichet na liderança do BCE

Tamanho do texto Aa Aa

Mario Draghi vai suceder a Jean Claude Trichet na presidência do Banco Central Europeu. Draghi foi nomeado, esta sexta-feira, pelos líderes europeus. Por pressão da França, a nomeação só aconteceu depois de outro italiano ter aceitado ceder o lugar no Conselho de Governadores a um francês, no final do ano.

“Quero congratular Mario Draghi pela nomeação para presidente do BCE a partir de 1 de novembro deste ano. Conheço-o bem. Conheço o seu envolvimento com a Europa, a sua excecional competência em assuntos económicos e monetários. Desejamos-lhe o melhor!”, afirmou o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso.

Aquele a quem por vezes chamam Super Mário nasceu em Roma há quase 64 anos. Foi vice-presidente e diretor do Goldman Sachs de 2002 a 2005. Desde 2006, é governador do Banco de Itália e Presidente do Fundo de Estabilidade Financeira.

Para Draghi conseguir a presidência do BCE, o compatriota Lorenzo Bini Smaghi teve de aceitar abandonar o lugar no Conselho de Governadores. Smaghi mostrou-se reticente e estatutariamente nada o obrigava. Na teoria, o mandato está protegido pelo estatuto de independência do Banco Central Europeu.