Última hora

Última hora

EUA: Câmara dos Representantes rejeita autorização de intervenção militar na Líbia

Em leitura:

EUA: Câmara dos Representantes rejeita autorização de intervenção militar na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

Nos Estados Unidos a Câmara dos Representantes rejeitou uma resolução para autorizar a intervenção militar norte-americana na Líbia.

Um importante revés para Barack Obama que viu

a câmara baixa do Congresso, de maioria republicana, rejeitar o texto por 295 votos contra 123.

O debate subiu de tom no Congresso, onde numerosos eleitos, incluindo democratas, censuraram o presidente por não ter solicitado àquela instituição parlamentar um parecer antes de ordenar em março os bombardeamentos contra o regime do coronel Muammar Kadhafi.

Apesar de este voto não ter efeitos imediatos no envolvimento norte-americano poderá terá repercussões em Tripoli e nas capitais da NATO.

Entretanto, no quadro de uma troca de prisioneiros, o regime de Kadhafi libertou dezenas de resistentes e autorizou o seu transporte até Bengasi, onde chegaram a bordo de um navio, juntamente com centenas de outros refugiados.

Segundo observadores e analistas esta troca de prisioneiros poderá marcar o início de negociações mais abrangentes entre a resistência e Muammar Kadhafi.