Última hora

Última hora

Síria: Repressão não para

Em leitura:

Síria: Repressão não para

Tamanho do texto Aa Aa

Na Síria, pelo menos 15 pessoas morreram na sexta-feira e algumas dezenas ficaram feridas quando as forças de segurança do regime abriram fogo para dispersar manifestações pró-democracia em diversas cidades do país.

Em Kessoua, a sul da capital, morreram cinco pessoas e seis ficaram feridas, durante a manifestação que começou na mesquita local depois da oração.

Em Damasco também foram mortas três pessoas e 25 ficaram feridas no bairro de Barzeh, palco de outra manifestação contra o regime de Bachar al-Assad.

Em Homs as forças do regime voltaram a reagir violentamente e mataram vários manifestantes.

Organizações de direitos humanos afirmam que até agora, mais de 1.300 pessoas foram mortas durante os protestos contra o regime de Bachar al-Assad, iniciados a 15 de março.