Última hora

Última hora

Bancos franceses dispostos a alargar maturidades das obrigações gregas

Em leitura:

Bancos franceses dispostos a alargar maturidades das obrigações gregas

Tamanho do texto Aa Aa

Os bancos privados franceses estão dispostos a alargarem o prazo de vencimento de 70% das obrigações gregas que detêm.

Em Paris, o presidente francês anunciou um acordo com as instituições financeiras sobre um plano de ajuda à Grécia, que vai ser proposto aos parceiros europeus. “A ministra das Finanças trabalhou imenso com os bancos e as companhias de seguros sobre o que poderá ser uma participação voluntária do privado, um sistema que os outros países podem considerar interessante. A ideia é não deixar cair a Grécia, é defender o euro. É o interesse de todos”, frisou Nicolas Sarkozy.

Depois dos alemães, os bancos franceses são os mais expostos à dívida soberana. No topo da lista, estão o BNP Paribas, que detém 5 mil milhões de euros de dívida, e a Societé Générale, com 2,5 mil milhões.

Os governos europeus estão a tentar convencer os bancos privados europeus a participarem, de forma voluntária, no segundo resgate à Grécia.