Última hora

Última hora

Camboja ajusta contas com a história

Em leitura:

Camboja ajusta contas com a história

Tamanho do texto Aa Aa

Os quatro dirigentes dos Khmers Vermelhos ainda vivos começaram hoje a ser julgados por crimes cometidos pela organização maoista há mais de três décadas no Camboja, pela morte de cerca de dois milhões de pessoas.

São os únicos dignitários do regime Khmer ainda vivos e por julgar. Os cambojanos querem que se faça justica mas também saber a verdade, o porquê, e isso são capazes de nunca vir a saber.

Porque é que Saloth Sar, o número 1 conhecido por Pol Pot e os seus khmers vermelhos, que eram considerados como a força libertadora da população, massacraram o povo durante quatro anos de poder?

Em abril de 75, depois de vários anos de guerra civil, os militares liderados por Pol Pot, comunista de inspiração maoista, tomam o poder e instauram imediatamente uma sanguinária ditadura. Defendem a luta contra o imperialismo, a eliminação dos intelectuais e a reeducação pelo trabalho manual. Milhares de cidadãos foram enviados à força para o campo, onde morreram de fome.

Outros acabaram nas prisões do regime, oficialmente, por oposição. A prisão Tuol Seng, antigo liceu, passou a ser o campo S-21 recebeu pessoas presas sem qualquer motivo ou por disparates como usar óculos

Homens, mulheres e crianças foram aqui torturados em condições de extrema violência e depois executados. 15 mil morreram aqui. Quando as tropas vietnamitas vieram libertar o Camboja, em 79, e passaram pelos campos, descobriram o horror e escondidos, num monte de roupa, também encontraram 5 crianças; uma morreu pouco depois. Mas as outras quatro e mais três pessoas totalizaram os únicos 7 sobreviventes do campo S-21.

O responsável pela morte de dois milhões de cambojanos morreu, em 1998, sem sem ser julgado, na floresta em que vivia. Duch, o antigo chefe de campo S-21 foi condenado, no ano passado, a 30 anos de prisão. Depois do processos destes últimos quatro arguidos, o Camboja vai, enfim, poder virar a página mais negra da sua história.